quarta-feira, 31 de agosto de 2016

"Inerteço"





para mim

esse alerta

que me desprende

da minha realidade

me desperta

me descola do chão

me faz escorrer nas paredes

e me atira

no conforto

[confronto

raiz

e

asas

tento acostumar no macio

no olhar bondoso das asas

"inerteço"!

[ sou silêncio

terço nas mãos das virgens

servidão

raízes...

sou árvore.



Marisete Zanon - Todos os direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário