segunda-feira, 16 de junho de 2014

Dúvidas

                                                                                wrap-bigbad-red


A vontade do prazer é uma espada

cravada na ansiedade que o meu peito carrega

e um anjo desce dos céus

erguendo-me a cada vez que morro.

A cada vez que renasço

acendo um cigarro que queima

pouco a pouco a esperança.

Quando o absoluto torna-se vulnerável

os demônios do desejo

enlouquecem as dúvidas.

O certo e o errado.

O bem e o mal.

O côncavo e o convexo.

O querer e o não querer.

Nesses assombrosos itinerários da incerteza

não tem anjo e nem demônio

que me entenda.


Marisete Zanon   - In Confissionarium Book - Livro II