quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Partindo do casulo

                                                                                           imagem do Google


minha mente confusa

sai do emaranhado do casulo

procura um caminho

no voo da borboleta

esqueço as trancas

e o invólucro

que me prendem a realidade

e o passado se vai

na realidade dos sonhos

atrás de uma flor

que me faça esquecer

a dor do parto


Marisete Zanon   -  In Confissionarium Book