domingo, 12 de janeiro de 2014

De novo...



quando penso que tudo que passou...

é passado (literalmente falando)

mas... se penso que posso sonhar

vasculho no baú dos meus sonhos

até encontrar aquilo que quero viver outra vez.

E vivo!



 Marisete Zanon – In Um cordão de confissões Book              imagem do Google