sábado, 19 de outubro de 2013

Quando a morte teima em vir a noite

                                                                          Picasso - Casagema - Período Azul



a noite vem me visitar...
na cera derretida pela vela
compara a luz da vida
                                   a terminar...
vela que vela
a minha pior atmosfera
de rumos imperfeitos
incertos e imaturos
                                     noite que me faz vítima
escuridão que apaga meus olhos
treme meus ossos
e me faz prisão sem esforços
                                          entrego-me...
                                          deixo
que cave dentro de mim
a sua sepultura
e com o tempo
                                           me encaixo
no aperto do eixo da morte


Marisete Zanon