sexta-feira, 28 de junho de 2013

Porta íntima

                           imagem do Google


vagueia a mente insana dentro da noite
por esse desejo
latente, ardente, indecente

corta a fio de navalha
a carne
como açoite

angústia lúcida
amargo sabor da saudade

vagueia a mente inquieta, irrequieta
incompleta viagem
por esse desejo selvagem, à margem...
contundente, teso, coeso

vagueia a mente e atravessa a porta
a porta íntima da censura, do código
córrego libidinoso, sinuoso

vagueia a mente...


Marisete Zanon - In Um cordão de confissões   - Todos os direitos reservados a autora