sexta-feira, 7 de junho de 2013

Item do cardápio

                                                         imagem do Google



dois pra lá, dois pra cá
e a música nos faz dançar
minha mão atrás da tua nuca
e a outra a tua segura
com leveza...

dois pra lá, dois pra cá
os teus olhos a me olhar
me perguntar o que faço
pra trazer-te nesse espaço
com doçura...

dois pra lá, dois pra cá
meus olhos respondem
a serpente hipnotiza a presa
e abate viva bem devagar
com prazer...

dois pra lá, dois pra cá
no suave balanço te digo
que a sedução é uma faca
machuca e pode matar
com lentidão...

dois pra lá, dois pra cá
teu olhar perdido no meu
navega e naufraga
agonizando sem respirar
me alimento devagar
com requinte...

dois pra lá, dois pra cá...


Marisete Zanon