terça-feira, 25 de junho de 2013

Evidências

                                        imagem do Google



Não tem porque voltar
a paisagem não vai mudar,
nada é como antes quando quebrado
até os pássaros mudam seu ninho
depois da tempestade
e eu sei, eu mudei muito
não quero mais ser a queridinha
e tenho coragem de te deixar me odiar
é melhor que uma mentira.
O tempo nos ensina e
nos deixa marcas amargas
e a cada minuto que passa aqui
é um fim do mundo apocalíptico
O discurso pode não convencer,
mas as marcas que meu corpo carrega sim
é uma oratória de evidências.


Marisete Zanon