quarta-feira, 17 de abril de 2013

Ás de paus

                                 Experimental Surrealistic Photomontage By Ben Gloossen




Totalmente desconectada, desplugada,
tiraram-me os cabos, perdi a imagem,
a força, a base, virei miragem?
Imputaram-me químicas e terapias
e eu que já sou ácido a corroer afetos
penso que o mundo está desabando
e veio tudo de vez cair no meu teto.
Quero logo essa despedida acabando,
mas parece que é lenta e irrita-me.
Não tenho a força de um leão,
mas disseram-me que ainda tenho
para matar um por dia, que ironia!
O que estiver a minha frente passa
que aqui dentro é pior que traça
não está sobrando nada de graça.
Viver é jogo de azar, se tiver sorte,
quem sabe ganha a vida na raça!



Marisete Zanon