sábado, 9 de fevereiro de 2013

Indispensável

                                  By minon - minon



do casulo saem borboletas

fios de seda

e traças

e eu sem graça

sem asas

sem brilho

continuo na gaveta

tecendo o linho


Marisete Zanon

4 comentários:

  1. Vem borboleta sai dessa gaveta!!!
    Que lindo Mari...
    Tenha dias felizes...
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkk... tu sem graça... sem brilho... sai dessa mulher que tu é maravilhosa!!!! Gostei! Saia por ai voando maravilhosa visse. Bjus

    ResponderExcluir
  3. Marisete, sem asas pode ser mas com muito brilho. Um poema inspirado assim só acontece com idéias brilhantes.
    Bjos
    Manoel

    ResponderExcluir
  4. Asas tu não tens mesmo, mas brilho tem bastante e muito inspirada para escrever em tão poucas palavras versos tão interessantes. Um abraço minha cara.

    ResponderExcluir