sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Inspirada em mim mesma

                                    Esculpture by Rabarana




das noites insones

vertente angustiante

nódoa de mágoas

não sobra um espaço

num instante

para um passo

até o interruptor.


Marisete Zanon

8 comentários:

  1. Adoreiii seu versos...alias adoro tudo o que você escreve..estou voltando querideza...bom final de semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Noites como essa duram a passar. Minutos iguais a horas e horas que não se acabam mais. Insônia.

    Beijo e um final de semana com noites melhores.

    ResponderExcluir
  3. O lá MARISEVEN,

    como sempre,o que não falto no seu blog e competência e sensibilidade.

    E para essas suas qualidades, sobram espaço.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, Marisete, que saudades dessa poesia que arrebata a minha alma!
    Vejo que você mudou o nome do blog novamente para Confissionarium... Eu confesso que amo esse nome, minha querida! Amo!
    Bom estar de volta. Bom receber o seu carinho, sempre!
    Um beijo muito carinhoso, minha amiga!

    ResponderExcluir
  5. Passando pra desejar um final de semana maravilhoso pra você

    Beijos
    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Belo... Gostei de tudo por aqui!!!

    Beijokas

    Nel

    ResponderExcluir
  7. é tâo bom sonhar acordado.

    ouvi no teu silencio "insónio" e vim


    beijo

    ResponderExcluir