segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Um inefável poema

imagem da web




Rompi todas as linhas tênues

vesti aquele meu vestido branco

ultrapassei os limites da lua cheia.

Quero provar do miolo da maçã

que rege a minha inefável sina

enquanto as múmias desfilam hipocrisia.

Me adornar com anéis de saturno,

rubis, esmeraldas e safiras.

Dançar em Marte e cavalgar

na Via Láctea.

E finalmente acordar no colo

despido de quem me despia...


Marisete Zanon

23 comentários:

  1. Maravillosa poesía y bello blog. Te sigo. Un abrazo

    ResponderExcluir
  2. OLá linda Marisete,, poetisa maravilhosa!

    Apesar de forte e intensa a tua poesia, encontro nela uma textura mansa, onde não há jorros de versos, não tem nada sobrando, não nada faltando. É a maneira que você expressou a sua intimidade com os Cosmos! Só os poetas a tem.

    Gostei muito da sua visita, e tendo uma poesia minha comentada por quem entende do riscado, é pra mim , sempre uma honra imerecida, mas que eu adoro! rsssss...

    Tô te seguindo por aqui. Voltarei.

    BJos da Lu...

    ResponderExcluir
  3. Um poema muito bonito, onde a imaginação é transportada lindamente pela terna sensibilidade.

    Obrigado pela sua visita aos meus blogs. Gostei muito daqui e vou te seguindo, pois voltarei muitas vezes.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderExcluir
  4. Marizete Zanon!!

    Fantástico...lindo.
    Eu te coloco no Pódio!!
    Meus aplausos...de pé.
    Poetisa.

    sem comentários...
    vera portella

    ResponderExcluir
  5. Magnífico, Marisete!
    Que viagem através do (seu) Universo!
    Muitos parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Amiga que bom que está de volta, espero que esteja tudo bem, imprevistos fazem parte! lindo poema, já fiquei aki com vc e obrigado pelo carinho, é muito bom estar com vc novamente! Bjooosss

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde querida amiga Marisete!!!
    Fiquei muito feliz por nos encontrarmos novamente nesse mundo virtual.
    Pelo visto você fez igual a mim...deletou antigo blog e recomeçou novamente. Então um VIVA a nós, mulheres guerreiras que nunca desistem. Seja sempre muito bem vinda em meu cantinho.
    Seu poema é expetacular...profundo e romântico. Parabéns!!!
    Seja sempre bem vinda em meu cantinho.
    Tenha dias felizes...
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  8. Marizete Zanon...muito boa tarde e obrigada pela sua visita e por me ter adicionado...e sempre bom ver alguem por algum motivo se retirou e depois volta..e sabe quem escreve assim faz sempre falta...li o seu poema e pensei desta forma...talvez deseja-se ser uma nuvem ..acabando
    por se desfazer num lugar onde exista felicidade..amor..e paz e que fosse acarinhada de uma forma pura..como é a cor branca... pureza

    se pensei mal paciencia..... mas sempre e melhor que dizer gostei... sem entender o que escreveu

    Um beijo e fique bem
    Rui

    ResponderExcluir
  9. Ia a escrever que tinha o céu por limite, mas nem isso...
    Em grande, Mari!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  10. INTENSO E MAGICO SEUS POEMAS POETISA. GRACIAS POR SUA VISITA AO MEU E ENCANTADA COM SEU BLOG FICAREI POR AQUI. MUITA PAZ EM SEU CORAÇÃO!

    ResponderExcluir
  11. Um poema incrível que nos emociona ao Lê-lo, fascinou-me em demasia. Parabéns querida, beijos.

    ResponderExcluir
  12. Lindo teu poetar Marisete, vez por outra temos que nos despir das realidades comuns e criar outras realidades para nós...

    Quando olho para um céu estrelado, fico imaginando se fossemos capaz de dar voltas por lá, num simples querer.

    Sigo teu blog com prazer.

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Que doce acordar, até apetece espreguiçar...
    :)

    ResponderExcluir
  14. Oi Marisete querida


    O espaço aqui também está lindo.
    Te sigo com carinho.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  15. Fez uma viagem mágica com final sublime. Muito belo! Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Marisete li seu perfil e parabenizo tantos prêmios recebidos fico feliz quando vejo mulheres poetando nos fazendo sonhar, parabéns mesmo!
    Eu sou como vc vivo pulando nos blog por ai e quando encontro um porto acabo querendo ficar encalhada como aconteceu agora com este espaço lindo que vc acabou de criar.

    Seja bem vinda e obrigada pelas gentis palavras e claro não poderia deixar de me tornar sua seguidora não perco por nada suas postagens...rsrs
    Sucesso vc merece!

    Beijos carinhosos,
    flor de cristal

    ResponderExcluir
  17. Acordar assim, é bom... mais que bom...
    Belíssimo poema, gostei muito.
    Marisete, tem um bom fim de semana.
    Beijo:

    ResponderExcluir
  18. obrigado pelo carinho.
    fico feliz . me motiva me honrra

    Amo . vou ficar por aqui com voce


    abraço.

    ResponderExcluir
  19. Oi Marisete!
    Que bom que você está de volta,sentir sua falta.

    Sou sua fã de carteirinha, sabe disso né? rs

    Obrigada pela sua visita!

    ResponderExcluir
  20. Olá!Boa noite!
    Querida amiga Marisete/seven!
    Tudo bem?
    ...diria Cruz e Souza, nada há que te domine e que te vença
    Quando a tua alma mudamente acorda...
    Obrigado pelo carinho!
    ótimo domingo!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  21. Que loucura mais loucura menina e ardente, adoro. Bjus e obg por suas visitinhas!

    ResponderExcluir